PLANTÃO DE NOTÍCIAS

Idoso é preso suspeito de estuprar bebê e a irmã dela, em Abadia de Goiás

Companheiro da avó das vítimas é o suspeito do crime. Na casa do homem, a polícia também encontrou três armas de fogo.




Um idoso de 61 anos foi preso suspeito de estuprar uma bebê de 9 meses e a irmã dela, de 5 anos, em uma zona rural de Abadia de Goiás, na Região Metropolitana de Goiânia. Segundo a Polícia Civil, o suspeito é companheiro da avó das vítimas. Na casa dele, a polícia ainda encontrou três armas de fogo.

A prisão aconteceu na sexta-feira (13), após a avó levar a bebê ao médico. De acordo com o delegado Arthur Fleury, que investiga o caso, após atender a criança e identificar lesões na vítima, o médico acionou o Conselho Tutelar, que repassou o caso à polícia.

“A bebê foi ao médico, porque a avó viu que ela estava chorando bastante e a levou ao médico para ver o que era. O médico constatou um sangramento, e a gente foi atrás e encontrou esse senhor, que morava com a avó das duas crianças”, disse o delegado.

Já em relação à suspeita de que o homem também tenha abusado sexualmente da irmã da bebê, o delegado explica que a menina já relatou a parentes que o companheiro da avó teria mexido nas partes íntimas dela. “Isso é algo que ainda estamos investigando e ainda vai ter que ser ouvido por um psicólogo”, relata.

No Instituto Médico Legal (IML) não foi constatada a conjunção carnal, no entanto, após diligências e oitivas de testemunhas, a polícia constatou a prática de atos libidinosos e fez a prisão em flagrante, já que o suspeito também já tem passagens por estupro de vulnerável.

“Através das provas testemunhais e por ele já ter passagem pelo mesmo crime, eu fiz o flagrante, convertido em prisão preventiva pela juíza de Guapó”, contou.

Ainda segundo Fleury, a família das vítimas está colaborando, tanto a mãe quanto a avó. “Elas foram bem ativas nessa situação, hora alguma elas tentaram encobrir nada, pelo contrário, procuraram a ajuda da polícia”, afirmou o delegado.

Além de responder por estupro de vulnerável, o idoso também responderá pelo crime de posse ilegal de arma de fogo. Se for condenado, ele pode cumprir pena de até 15 anos de prisão.

Com informações do G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas gerenciado pela agencia Marck Publicidade Copyright © 2018

Imagens de tema por Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas