PLANTÃO DE NOTÍCIAS

Hospital de Campanha de Águas Lindas de Goiás é inaugurado

O Hospital de Campanha de Águas Lindas foi inaugurado na manhã desta sexta-feira (5) e contou com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro, do governador do Estado de Goiás, Ronaldo Caiado, do prefeito de Águas Lindas de Goiás, Hildo do Candango, dos representantes do Ministério da Saúde, entre outras autoridades. 




"Muito obrigado pelo convite, por essa oportunidade de inaugurar esse hospital e, do fundo do coração, a gente torce que pouca gente venha pra cá, porque é sinal que não precisa de atendimento", disse Bolsonaro.
A unidade foi a primeira a ser construída pelo governo federal e  repassada para a administração estadual, que equipou os leitos, que vão atender pacientes com coronavírus na região. A previsão é que o hospital já comece a funcionar ainda nesta sexta-feira.

O hospital conta com 200 leitos e iniciará o atendimento com 60, sendo 50 leitos de enfermaria e 10 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). Os outros leitos serão disponibilizados conforme a necessidade. Apenas pacientes encaminhados por outras unidades de saúde poderão dar entrada.

“Hoje não temos uma demanda expressiva para atender em sua capacidade total. A população tem um sentimento de segurança, temos 304 casos em Águas Lindas, se estatisticamente falando, 5% desses casos precisassem de internação (sem hospital) não teríamos estrutura para atender nem em Águas Lindas e nem na região do Entorno”, disse Hildo do Candango.
O governador de Goiás, Ronaldo Caiado agradeceu o apoio do governo federal na construção de hospitais no Estado e destacou que isso possibilitou que outras regiões tivessem um atendimento intensivo.

“Nós tínhamos leitos de UTIs apenas em Goiânia, Anápolis e Aparecida de Goiânia. Essa região tem 1,2 milhão de habitantes e nenhum leito de UTI. Nunca foi feita uma visão no sentido de dar saúde pública à população que vive no interior do estado. Vossa excelência, presidente, nos deu o apoio”, disse o governador.

A unidade foi construída pelo governo federal, ao custo de R$ 10 milhões, e será mantido pelo governo de Goiás, que vai repassar R$ 7,5 milhões por mês para custear insumos e equipes, com total de 263 colaboradores diretos – que incluem 45 médicos, 85 enfermeiros e técnicos em enfermagem, 23 fisioterapeutas, além de farmacêuticos, psicólogos e nutricionistas.

O governo federal também será responsável pelo aluguel e a manutenção da estrutura física do hospital.

Por Marcos Alexandre com informações da Secom - Prefeitura Municipal de Águas Lindas


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas gerenciado pela agencia Marck Publicidade Copyright © 2018

Imagens de tema por Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas